Dois CPFs cancelados: roubaram, sequestraram, trocaram tiros com o Choque e morreram

0

Por volta das 23h da noite de 30 de julho, foi informado via rede de rádio (CIOPS) que havia ocorrido um roubo mediante sequestro de um veículo Toyota RAV4 de cor branca, num restaurante na rua Euclides da Cunha.

Uma equipe do Batalhão de Choque foi até o devido restaurante e o homem informou que sua esposa tinha deslocado até o estabelecimento para buscá-lo de uma confraternização. Ao chegar no local, por volta das 22h00, ela havia informado que estava na frente do restaurante e, quando o homem saiu, ela já não estava mais lá.

Ao tentar ligar para seu telefone celular, já estava desligado. Que com essas informações, as equipes do Batalhão de Choque iniciaram buscas pela cidade para encontrar o veículo roubado. Por volta das 23h40, uma equipe do Choque se deparou com o veículo roubado na Avenida Duque de Caxias, esquina com a Avenida Brasil Central, onde fizeram a abordagem policial.

No veículo estavam o Michael (30) e o Ronaldo (23) que informaram que levariam o veículo para a cidade de Corumbá. Ronaldo disse que ganharia uma quantia de R$ 3.000,00 para esse serviço. Os autores informaram que a vítima estava em um cárcere no Indubrasil na Rua João Batista Fernandes. De posse dessas informações, as equipes do BPMChoque deslocaram até a Rua informada e iniciaram o patrulhamento a pé.

Por volta das 00h50 do dia 31 de julho, os policiais entraram em um terreno baldio na Rua João Batista Fernandes quando ouviram uma voz feminina gritando por socorro, dizendo “estou aqui”. Ao fazer frente para a voz, uma mulher saiu correndo e um indivíduo efetuou dois tiros contra a equipe policial. Os agentes  visualizaram 2 indivíduos armados e imediatamente, para tentar conter os bandidos, efetuaram disparos contra os autores.

Imediatamente os dois policiais desarmaram os dois criminosos e, ao perceber que ainda estavam com sinais vitais, socorreram os criminosos, sendo levados para a Unidade de Pronto Atendimento Santa Mônica. Foram realizadas tentativas para reanimá-los, porém foi constatado o óbito de ambos.

A vítima sequestrada informou que os dois homens que estavam no cárcere com ela foram os que realizaram o roubo, junto com o Michael. Que após o roubo, ela foi levada até um local onde embarcou o Ronaldo, depois disso foi deixada no local do cárcere, junto com os dois criminosos armados.

Os dois detidos foram conduzidos para a DEPAC Centro, sendo necessário o uso de algemas para preservar a integridade física dos mesmos. As vítimas também deslocaram junto com as equipes policiais para a delegacia.

Deixe uma resposta