Em Audiência Pública, Vereador Professor Juari destaca fatores imprescindíveis para o retorno às aulas presenciais

0

Com o objetivo de debater o retorno às aulas presenciais de forma segura para estudantes e profissionais da educação, a Câmara Municipal de Campo Grande por meio da Comissão Permanente de Educação e Desporto, realizou nesta segunda-feira (24) no plenário Oliva Enciso, a Audiência Pública com o tema: “Volta às aulas presenciais”. 

Sob a presidência do Vereador Professor Juari, a audiência contou com a participação de diversos órgãos que debateram sobre o retorno de forma segura e responsável. Para a abertura dos trabalhos, a Psicóloga Ediane Ferreira Palhano, abordou o tema: “Quem irá retornar para as aulas presenciais? Somos os mesmos após vivenciarmos uma pandemia mundial?” Ediane destacou a importância dos cuidados com o emocional dos profissionais, estudantes e toda a comunidade escolar durante esse retorno. 

O presidente da Comissão Permanente de Educação e Desporto, Vereador Professor Juari, ressaltou a importância do diálogo, da organização de momentos democráticos, possibilitando uma construção coletiva e responsável para o retorno às aulas presenciais e enfatizou que a vacinação de todos os profissionais é fundamental para que este retorno aconteça, bem como a acolhida e o cuidado emocional dos profissionais e de toda comunidade escolar.  

O  debate contou ainda com a participação  da Secretária Municipal de Educação, Profª Elza Fernandes; da Promotora de Justiça da Infância, Dra. Vera Aparecida Vieira; da Defensora Pública Estadual dos Direitos das Crianças e Adolescentes, Dra. Debora de Souza Paulino; do Presidente da ACP, Prof. Lucílio Souza Nobre; do Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Administrativos da Educação de Campo Grande (SINDAEM), Sr.Jorge Martins Dantas; da Presidente do Conselho Municipal de Educação, Profª Alelis de Oliveira Gomes; da Presidente do Conselho de Diretores e Diretores Adjuntos das Escolas Municipais, Profª Maria Lucia de Fátima de Oliveira; da Superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, Sra. Veruska Lahdo; do Coordenador de Políticas para o Ensino Médio e Educação profissional da Secretaria Estadual de Educação, Prof. Davi de Oliveira Santos; e do Vereador e Presidente da Comissão de Saúde, Dr. Sandro Benites.

 Ao falar sobre as garantias de segurança para a saúde dos professores e servidores administrativos da educação, a Secretária de Vigilância em Saúde da SESAU, Sra. Veruska Lahdo afirmou que o papel da Secretaria de Saúde em relação a volta às aulas tanto na rede pública, quanto na rede privada, é auxiliar a elaboração dos planos de biossegurança e monitorar toda essa ação que envolve o retorno às aulas presenciais; destacou ainda, que já foram imunizados contra a Covid-19 cerca de 22 mil profissionais da educação em Campo Grande. 

Em sua participação no debate, o presidente da ACP, Professor Lucílio Souza Nobre, destacou que este retorno às aulas precisa ser gradual para não sobrecarregar o professor que tem ultrapassado sua carga horária no sistema remoto. Enfatizou ainda, que a garantia da vacinação faz com que os profissionais se sintam mais seguros para o referido retorno. 

Como solicitação e encaminhamentos para essa audiência, o presidente da ACP pediu que a primeira semana de aula fosse de acolhida aos profissionais envolvidos na educação, momento este de cuidado e atenção com a saúde emocional destes. 

Nesse sentido, a Secretária Municipal de Educação, Professora Elza Fernandes fez uma retrospectiva de todas as situações que professores e administrativos tiveram que enfrentar no início da pandemia, mostrando um papel fundamental na reinvenção de ensino, além do auxílio às famílias dos estudantes. Outro ponto frisado pela secretária, foi a luta pela vacinação dos profissionais, que no momento, já conta com quase 12 mil profissionais vacinados com a primeira dose e destacou que há possibilidade de antecipação da segunda dose para que no retorno às aulas no dia 19 de julho, todos os profissionais estejam devidamente imunizados.

 

 

Deixe uma resposta