Guerra contra o tráfico deixa 8 bandidos mortos durante confronto com a polícia de MS

0

Oitavo bandido que também seria membro da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) morreu durante troca de tiros com equipe do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar, na noite de ontem (11) em Ponta Porã, Fronteira com o Paraguai. Outros sete já haviam morridos em confronto com equipes da Delegacia Especializada Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras) e da Delegacia de Ponta Porã, sendo que um deles trocou tiros com policiais militares do Departamento de Operações da Fronteira (DOF).


A ação policial no município de Ponta Porã ocorrida na noite de ontem se deu após a Polícia Civil descobrir uma casa no Bairro Julia de Oliveira Cardinal, nas proximidades da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems), saída para a cidade de Dourados, que servia como esconderijo para integrantes da facção criminosa.

Equipes do Garras, DOF e Bope reforçavam a região de fronteira, depois da tentativa frustrada de resgate na madrugada de domingo (10) de Giovanni Barboza da Silva, o ‘Bonitão’, membro do PCC, que havia sido preso na noite de sábado (9) pela polícia paraguaia, em Pedro Juan Caballero.

O oitavo membro foi morto em um confronto em um imóvel na Rua Maria Trindade de Oliveira, no Bairro Julia de Oliveira Cardinal.

Segundo boletim de ocorrência, em um cerco policial em razão ao confronto dos criminosos com equipes do Garras e da Delegacia de Ponta Porã, o autor, ainda não identificado, foi localizado em uma casa abandonada sob uma lona em um monte de areia. Ao levantar a lona, o bandido tentou atirar contra um dos policiais e acabou sendo alvejado na troca de tiros.

Ainda com sinais vitais, ele foi socorrido para o Hospital Regional, mas acabou falecendo, durante atendimento médico. Com o autor foi apreendido um revólver.

Guerra na Fronteira

Os policiais civis com informações do esconderijo dos criminosos no Bairro Julia de Oliveira Cardinal, foram até o local e encontraram oito criminosos reunidos. Houve intensa troca de tiros, que terminou com seis marginais mortos. Outros dois fugiram para casas vizinhas e com apoio das equipes do Bope e DOF, foram localizados.

O DOF encontrou marcas de sangue em um imóvel na Rua Só Canelas, seguindo para o quintal, e lá houve o segundo confronto, sendo o sétimo autor alvejado e socorrido para o hospital da cidade, mas acabou morrendo, em decorrência aos ferimentos.

O oitavo foi localizado pelo Bope escondido debaixo de uma lona em um monte de areia. Houve troca de tiros e o criminoso acabou morrendo, após prestação de socorro.

Veículos roubados foram recuperados pela polícia, após intenso tiroteio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui