“Caminho é cadeia ou cemitério”: mãe lamenta morte do filho que tentou assaltar delegado

0

Michelle Alves, mãe do adolescente G.A (17) que, junto de mais um comparsa tentaram assaltar o delegado Rodrigo Yassaka, lamentou em sua rede social a morte do filho e deixou um recado para quem entra nessa vida.

“Hoje é só tristeza porque agora, definitivamente, não vou te ver mais, olha onde esse maldito corre te levou, para longe dos meus braços, quantas vezes te falei, chorei e até implorei, mas o inimigo testou meu filho.

Fica um exemplo para quem não entende que esse caminho é cadeia ou cemitério. Descansa meu filho, a sua alma descansa, pois teve tantas tribulações nesse mundo, tanta dor, sofrimento, mágoa, sei que agora está em um lugar melhor, pois Jesus irá cuidar pessoalmente de você. Você sempre será meu menino!”, desabafou a mãe.

O caso:

No fim da tarde desta sexta-feira (22) o delegado de polícia Rodrigo Giraldelli Yassaka chegava em sua residência, na Vila Polonês, quando se viu vítima de uma tentativa de assalto e, ao reagir, disparou em um dos suspeitos que veio a óbito no local.

O delegado estava no interior de seu veículo e, no momento em que sua filha entrou no carro, foi abordado por dois homens, que cercaram o veículo. Um dos suspeitos chegou a abrir a porta do motorista, onde o policial estava, e, com uma faca, anunciou o crime.

O outro assaltante tentou abrir a porta do passageiro, onde estava a filha do policial. O delegado efetuou dois disparos, que atingiu um dos homens. O segundo autor conseguiu fugir.

A perícia foi acionado ao local e está acompanhada de uma equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), que irá investigar os fatos. Diligencias estão sendo realizadas no sentido de identificar o assaltante e prender seu comparsa.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui