Mesmo preso por descumprir medida protetiva, idoso atira na ex e se mata dentro de viatura da PM

0

Idoso de 67 anos se matou com tiro na cabeça dentro de uma viatura da Polícia Militar, na noite desta  quinta-feira (17), em Bataguassu. Ele recém havia sido preso por descumprir medida protetiva e junto à mulher era levado para delegacia quando tentou matá-la e depois cometeu suicídio. 

De acordo com o site Da Hora Bataguassu, o homem havia comprado a arma, um revólver 32, já com a finalidade de matar a  ex-companheira, de 51 anos. A vítima foi quem chamou policiais militares depois de o enteado revelar a ela a intenção do pai. 

O idoso chegou à casa quando policiais já estavam lá, descumprindo medida protetiva que tinha contra ele. Por isso, foi algemado com os braços para frente e colocado na viatura, enquanto a vítima foi levada no banco de trás da viatura até a delegacia de Polícia Civil para registro do caso. 

No caminho, os policiais ouviram disparos e pararam a viatura. A mulher estava deitada no banco e, quando abriram o compartimento para preso, notaram que ele sangrava muito na cabeça e estava sem uma das botas. A suspeita é de que ele tenha escondido o revólver dentro do sapato, já que antes de ser colocado no veículo havia passado por revista e nada havia sido encontrado.

Antes de se matar ele atirou na ex, no entanto a grade que separa o compartimento de presos minimizou o impacto e o projétil parou no encosto do banco. A mulher não foi atingida. O homem ainda chegou a ser levado ao hospital pelos policiais, mas não resistiu.

A arma, um revólver calibre 32, foi apreendida. O caso foi registrado pela Polícia Civil como suicídio e feminicídio na forma tentada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui