Diogo André dos Santos Almeida (21), sobrinho do caseiro e um dos envolvidos no crime brutal contra o casal Cristóvão Silveira (65) e Fátima de Jesus Diniz Silveira (56), fugiu com a caminhonete da vítima em direção a Bolívia, conseguindo escapar depois de abandonar o veículo, mas veio a óbito horas mais tarde após trocar tiros com a polícia. O comparsa dele, que seria o condutor da L-200 roubada, ainda segue foragido.

O homem não identificado é o último suspeito ainda não localizado. Equipes do Garras e da Polícia Militar estão em Corumbá, que fica a 444 quilômetros da Capital, realizando buscas pelo indivíduo.

 

Deixe uma resposta