Pesquisa aponta Vereador Professor Juari entre principais nomes para Deputado Federal

0

O Instituto Ranking Comunicação e Pesquisa realizou, entre os dias 20 e 26 de fevereiro um levantamento com 1.700 eleitores para saber as intenções de votos para os cargos eletivos no Senado, na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa (ALEMS). Em outubro de 2022, os eleitores e eleitoras de Mato Grosso do Sul irão às urnas para escolher representantes parlamentares, sendo 03 senadores (as) para o Senado, 08 deputados (as) para a Câmara Federal e 24 deputados (as) estaduais para a Assembleia Legislativa (ALEMS).

Atuação reconhecida
Dentre as surpresas desta pesquisa, está o Professor Juari (PSDB) que em seu primeiro mandato como vereador por Campo Grande, tem se destacado por sua atuação na Câmara Municipal.

A pesquisa para intenção de votos à Câmara Federal mostra o vereador entre os 10 principais candidatos com 0,88%, mostrando que em pouco tempo de legislatura o seu trabalho tem relevância em Campo Grande e no Estado. “Ver o nosso trabalho em tão pouco tempo ser reconhecido mostra que estamos no caminho certo para fazer o melhor por nossa cidade e futuramente por nosso Estado”, destaca.

Sua principal bandeira está em trazer melhorias para todos os profissionais da educação, principalmente à área administrativa, essencial para o funcionamento das escolas.  “Nesse tempo de crise, devemos muito aos médicos, mas também aos professores. A categoria agora está sendo representada com força dentro da Casa de Leis, e assim conseguiremos ensinar a real importância de todas as áreas, na administração do município” ressalta. Além de atuar em prol da educação, o parlamentar está com o seu gabinete pronto a receber todas as demandas e atender o anseio da população campo-grandense.

Senado
Na corrida para o Senado, o levantamento estimulado com 8,29% aparece o nome da ministra e deputada federal licenciada Tereza Cristina, seguida de Simone Tebet (5,18%), Reinaldo Azambuja (4,24%), Luiz Henrique Mandetta (3,88%) e Zeca do PT (2,53%). A pesquisa aponta Ricardo Ayache (1,65%), Marcelo Miglioli (1,41%) e Delcídio Amaral (1,06%). Outros nomes somam 1,00% e os que votam em branco ou nulo, os indecisos e os que não sabem ou não responderam são 70,76%. Os atuais senadores sul-mato-grossenses são Nelsinho Trad (PSD), Simone Tebet (MDB) e Soraya Thronicke (PSL).

Câmara Federal
Na disputa pelas oito vagas de deputado (a) federal, no levantamento espontâneo com 2,24% aparece o nome da deputada Rose Modesto (PSDB), seguida da deputada, Tereza Cristina (DEM) – a atual ministra de Agricultura, Pecuária e Abastecimento chega a 2,00%. Já com 1,88% aparece o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), e os deputados Beto Pereira (PSDB, 1,82%), Fábio Trad (PSD, 1,59%), Geraldo Resende (PSDB, 1,35%), Vander Loubet (PT, 1,00%) e Luiz Ovando (PSL, 1,00%).

Nas posições seguintes estão, pela ordem, o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT, 0,94%), Professor Juari (PSDB, 0,88%) e Elizeu Dionísio (MDB, 0,82%). Nas 10 posições seguintes, ou seja, do 12º ao 21º, a relação é esta, pela ordem: Júnior Coringa (0,71%), Zeca do PT (0,65%), Alcides Bernal (0,59%), Antonio Carlos Biffi (0,53%), Professor Riverton (0,47%), Simone Tebet (0,41%), Delcídio do Amaral (0,35%), Tio Trutis (0,29%), Carlos Marun (0,29%) e Carla Stephanini (0,29%). Outros 50 nomes pontuaram entre 0,24% e 0,06%. Brancos, nulos, indecisos, não sabem e não responderam 75,04%.

Assembléia Legislativa
No levantamento estimulado aparece o nome do Paulo Corrêa (PSDB), presidente da ALEMS, com maior preferência: 1,65% afirmam que votarão nele para se reeleger deputado estadual. Os deputados estaduais seguidos com a maior cotação são: Lucas de Lima (Solidariedade), com 1,41%, José Carlos Barbosinha (DEM, 1,35%), Marçal Filho (PSDB, 1,29%), Gerson Claro (PP, 1,12%) e Cabo Almi (PT, 1,00%).

No grupo seguinte estão, pela ordem, os deputados: Márcio Fernandes (MDB, 0,94%), Professor Rinaldo (PSDB, 0,88%), Neno Razuk (PTB, 0,82%), Coronel David (sem partido, 0,71%), Felipe Orro (PSDB, 0,65%), Zé Teixeira (DEM, 0,65%), Londres Machado (PSD, 0,53%), Lídio Lopes (Patriota, 0,47%), Capitão Contar (PSL, 0,41%), Renato Câmara (MDB, 0,35%), Mara caseiro (PSDB, 0,29%), Eduardo Rocha (MDB, 0,29%), Pedro Kemp (PT, 0,29%) e Herculano Borges (Solidariedade, 0,29%).
Com o índice de 0,24% tem 15 nomes empatados: Otávio Trad, Delei Pinheiro, Paulo Duarte, Antonio Vaz, Jamílson Name, Beto Avelar, Evander Vendramini, Claudinho Serra, Sílvio Pitu, Dr Jamal, João Henrique Catan, Amarildo Cruz, Carlão Borges, William Maksoud e Subtenete Edilaine. As demais citações englobam pontuações de 0,18% a 0,06%.

O Instituto Ranking Comunicação e Pesquisa adota nesse levantamento um intervalo de confiança de 95% e margem máxima de erro em 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui