Pesquisa demonstra variação de até 222% em produtos de higiene pessoal e limpeza

0

Importante se deter na verificação de preços quando  da necessidade  de aquisição, também no que diz respeito a produtos de higiene pessoal e limpeza em Campo Grande e, com isso,  economizar devido a diferença de preços de estabelecimento para estabelecimento comercial. Isto é o que demonstra pesquisa realizada pela Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS, órgão integrante da Secretaria de Estado de  Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho – Sedhast, no período de sete a 17 de janeiro em curso em 11 estabelecimentos comerciais.

 

Foram verificados 225 produtos, dos quais são divulgados 171, uma vez que os 54  restantes estão a venda em menos de três locais pesquisados e, as normas para divulgação preveem no mínimo três. Durante a pesquisa foi detectada diferença de 222,21 % no preço do álcool em gel (Cooperalcool com 500g), uma vez que pode ser adquirido por R$ 6,98 no Supermercado Legal ou por R$ 22,49 no Extra Hipermercado.

 

Entretanto, vários outros produtos apresentam diferenças de preços superiores a  cem por cento. Exemplos são desinfetante liquido bak Ipê  (160,40%) à venda no Carrefour por R$ 6,49 e no Pague Poko por R$ 16,90; aparelho de barbear Gillette prestobarba ultragrip com 2 unidades (160,36%) encontrado por R$ 4,19 no Assai e por R$ 11,69 no Comper; palha de aço Q’lustro (133,82%)  vendido no  Atacadão por R$ 0,68 e no Comper por R$ 1,59, entre outros.

 

A ação do departamento de pesquisas, que se deu durante 10 dias, foi realizado tanto em unidades comerciais  da área  central de Campo Grande como em bairros mais distantes. Os locais visitados foram Assai Atacadista na  avenida Cônsul Assaf Trad (Mata do Jacinto), Atacadão na avenida Coronel Antonino,  Carrefour no bairro Santa Fé, Comper  do Jardim dos Estados, Supermercado Duarte na Vila Piratininga, Extra Hipermercado na rua Maracaju, Fort Atacadista na Vila Célia, Supermercado Legal  no bairro Tiradentes, Pague Poko no Taquaral Bosque, Supermercado Pires  no Jardim Monumento e Supermercado São João n Aero Rancho.

 

O maior número de  itens (130) foi cotado no Fort Atacadista. A maior quantidade com menor preço (50) estava no  Assai enquanto a maior quantidade com maior preço (33) foi apresentada pelo Carrefour.

 

Os itens que obtiveram maior e menor variação foram: Álcool em Gel Cooperalcool de 500g com 222,21% sendo o valor de R$ 22,49 no Hipermercado Extra e R$ 6,98 no Supermercado Legal e Amaciante de Roupas Minuano de 2 Litros com 3,56%, sendo o valor R$ 6,99 no Hipermercado Comper e Atacadão e R$ 6,75 no Assaí, respectivamente. Marcelo Salomão, superintendente do Procon Estadual lembra que “pesquisar não é perder tempo. Via  de regra representa economia no orçamento, mesmo que exija atenção do consumidor”.

 

Comparativos

 

No sentido de demonstrar a evolução de preços ano a ano tendo como base  2 019 e 2 020, foram estabelecidos termos comparativos entre itens que mantêm a mesma apresentação (tamanho, peso e medida) em ambos os anos. A conclusão foi que houve variação para maior em produtos com espuma de barbear Nívea (26,89%), absorvente Sempre Livre (21,34%) e  álcool em gel Cooperalcool (18,52%).

 

Foi registrado, também, quedas em preços de alguns produtos como é o caso de amaciante para roupas Douny concentrado (30,34%) a menor; álcool líquido Da Ilha (22,18%) menos e pedra sanitária Pato com preço 13,00 % menor. As diferenças  tanto  para maior como a menor foram verificadas em 151 itens. Desse total 89 itens apresentaram preços maiores que no ano passado, 61 com preços menores e, apenas um (sabonete barra Francis classic suave 90g – caixa) sem qualquer variação de preço.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: Procon/MS

 

Deixe uma resposta