Polícia prende adolescente e mulher suspeitos de tentarem matar jovem com golpes de facão

0

Dois Irmãos do Buriti (MS): Na noite do dia 16 de julho, por volta das 23h30min, uma testemunha acionou a Polícia Militar e relatou que havia uma pessoa ferida por golpes de faca em frente à sua residência. Ante a denúncia, os policiais se deslocaram até o local, onde já se encontrava a ambulância, efetuando os primeiros socorros na vítima.

Verificou-se que a vítima, de 19 anos, estava caída ao solo, na varanda da residência, para onde havia se rastejado para pedir socorro, e foi encaminhada para o Hospital Cristo Rei, nesta cidade. Diante disso, uma equipe da Polícia Civil foi até o hospital para colher mais dados sobre o ocorrido, e no local souberam que a vítima alegou ter sido atacada por um adolescente de 17 anos e por uma mulher, de 20.

Com o apoio de policiais militares, a Polícia Civil se deslocou até a residência da suspeita da mulher, onde encontraram o adolescente e a testemunha, irmão da mulher, dormindo. No local, o adolescente confessou que havia dado diversos golpes de facão na vítima por motivo fútil, mediante emboscada e com recurso de dificultar a defesa da vítima.

Além disso, o adolescente infrator mostrou o short que estava usando na hora dos fatos, que estava de molho, dentro de um balde, para tirar as manchas de sangue, e também mostrou aos policiais onde tentou executar a vítima.

No local da tentativa de homicídio qualificado ainda havia manchas de sangue, um par de chinelos vermelhos, um cabo de faca de cor branca, e uma lâmina da faca quebrada, suja de sangue, que foram apreendidos pela Polícia, além de pedaços de cabelo e osso da vítima.
Posteriormente, os policiais foram até o local indicado pelo suspeito, onde havia enterrado o facão de cerca de 42 cm, sendo 30cm de lâmina, utilizado para golpear a vítima de forma brutal por diversas vezes.

Assim, todos os envolvidos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis, onde a mulher também confessou ter participado do crime juntamente com o adolescente, sem qualquer motivação, apenas porque “o mesmo a convidou”, tendo de fato dado golpe de faca na vítima, tendo a faca vindo a quebrar dentro do corpo da mesma, o que impossibilitou a autora de efetuar mais golpes.

A autoridade policial representou pela prisão preventiva da mulher e pela internação provisória do adolescente infrator, diante da gravidade do crime executado, nos termos do Estatuto da Criança e do Adolescente, o que foi analisado e deferido pelo juízo.

A suspeita responderá pelo crime de homicídio qualificado.

 

 

 

Fotos: Polícia Civil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui