Em uma iniciativa inédita, os vereadores de Campo Grande se reuniram na manhã desta quinta-feira (6) com o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, para pedir ajuda do Governo do Estado a fim de destravar cerca de R$ 400 milhões em obras do PAC (Plano de Aceleração do Crescimento), que aguardam a liberação de recursos de contrapartida para serem iniciadas ou retomadas.

Na reunião, realizada na sede da Governadoria, foi entregue um Ofício assinado por todos os vereadores, solicitando ajuda do Governo do Estado para são 21 etapas de obras, sendo elas: infraestrutura na região do Bálsamo, Segredo e Taquaral, manejo de águas pluviais do Anhanduí e pavimentação dos bairros Nova Lima, Atlântico Sul, São Francisco, Bellinate, Jardim Seminário, Mata do Jacinto, Sírio Libanês e Vila Nasser.

Após ouvir os vereadores, o governador se comprometeu a priorizar o pleito apresentado pelo Legislativo campo-grandense. “Essa reunião mostra a importância de trabalharmos todos por essa unidade em prol de Campo Grande, que é uma capital importante. Avançamos muito com vocês do Legislativo e o Executivo dialogando, buscando essa possibilidade de contrapartida de investimento de infraestrutura totalizando quase R$ 400 milhões. Nos próximos dias teremos uma posição do Ministério das Cidades e vamos ter a realidade do que vai acontecer e é possível fazer. Uma gestão compartilhada, entre Estado e Legislativo, valoriza todo mundo e quem ganha é o cidadão da cidade que vai ter os investimentos nessas áreas que são prioritárias. Podem ter certeza que esse pleito vai ter prioridade, quando é um pleito do legislativo é porque é um pleito do cidadão, pois o Legislativo é a caixa de ressonância da cidade toda. Aqui nessa reunião tem representação de toda cidade e, inclusive, da área rural”, afirmou Reinado Azambuja.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Prof. João Rocha, destacou que a iniciativa inédita dos parlamentares visa unir forças em prol de Campo Grande, com objetivo de destravar obras importantes do PAC e tão aguardadas pela população. “Tomamos essa iniciativa pela responsabilidade que temos para com o município e a cidade. Fizemos esse gesto, de visitar o governador e buscar o apoio do Governo do Estado e da Prefeitura, cujo relacionamento é extremamente saudável. Nossa visita hoje só vem reforçar esse relacionamento entre Governo, Prefeitura e Legislativo. O que nos motiva é somos o filtro da população, é na Câmara que chegam grande parte das indicações, das solicitações, então nada mais justo do que compilarmos essas reivindicações, solicitando e pedindo apoio do governador para nossa cidade. Essa união é muito importante nesse momento difícil de crise financeira, quem ganha com isso é a população de Campo Grande “, afirmou João Rocha.

Deixe uma resposta