Vídeo: advogada de Pavão e Marcelo Piloto é fuzilada na Fronteira

0

Advogada de Jarvis Pavão e Marcelo Piloto foi atacada a tiros na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero na fronteira com Ponta Porã e morre em clínica particular.

 

A advogada Laura Casuso (54), foi atacada com aproximadamente 18 disparos de pistola 9mm, dos quais 10 teriam acertado a vítima na noite de segunda-feira (12) por volta das 19:45hs, quando se encontrava no bairro Maria Victoria na cidade de Pedro Juan Caballero, onde os pistoleiros chegaram, segundo testemunhas, em um veículo modelo Toyota Hilux de cor preta e realizaram os disparos contra a advogada que foi auxiliada por amigos em estado grave ao Hospital Regional da cidade onde recebe os primeiros auxílios para, segundo os médicos, ser transferida a uma clínica particular da cidade, onde existiriam melhores condições para atender a vitima que acabou não resistindo os ferimentos e morreu por volta das 23:30hs de segunda feira, segundo o médico Cesar Villagras.
A vitima segundo a polícia se preparava para sair do bairro onde estava de visita a integrantes da maçonaria e ao tentar abordar o seu veiculo da marca Range Rover, cor preta, blindada, placas AWD 1541 do município de Santana do Paranaíba do estado de São Paulo, quando teriam chegado os pistoleiros que realizaram os disparos contra a mesma, que teria sofrido o atentado, segundo a polícia, em meio a uma guerra de facções pelo controle da fronteira.
Agentes da Divisão de Homicídios e da Polícia Técnica com o apoio da promotora de justiça Sandra Dias, realizaram os procedimentos de rigor a fim de encontrar evidências que possam identificar os autores do atentado.

 

Fonte: Porã News

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui