VÍDEO: após morte de agente, facção avisa que muitos vão morrer se opressão continuar na cadeia

0

Insatisfeitos com o tratamento que vêm recebendo dentro do sistema prisional de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, membros de facção criminosa produziram vídeo avisando que muitos servidores da segurança pública irão morrer, se a opressão continuar.

Ontem (26), o agente penitenciário Juan Carlos Valiente, foi surpreendido em via pública por um atirador que estava em motocicleta e assassinado. A gravação de quase um minuto e meio não mostra o rosto do narrador e atrás do celular aparecem munições de arma de fogo. Ela começou a circular depois do crime.

Citando o Diretor Luis Ezequiel e Superior Feipe, o homem diz que se a opressão persistir “os companheiros e qualquer um da cárcere de Pedro Juan terão final pior que do agente Juan Carlos”.

“Vamos atirar na cara de vocês para aprender a não oprimir mais ninguém porque nenhuma pessoa que tá dentro da cárcere de Pedro Juan tá sozinha na rua. Se vocês oprimir mais alguém ai, mano, a gente vai pegar, vai matar até o cachorro de vocês (sic).

O narrador diz ainda para os diretores saírem do país e que se forem até fazer compras serão “empurrados” e queimados dentro dos próprios carros, sendo desfigurados ao ponto de terem de ser velados de caixão lacrado.

Deixe uma resposta