‘Ferro no povo’: conta de energia sobe mais de 43% em MS

0

Laura Holsback – Especial para Manchete Popular

 

Com a aproximação do fim de ano, aquelas pessoas que se programavam para festejar ou presentear terão que repensar os seus planos. É que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou reajuste de quase 43% na conta de energia. O índice é sobre o atual valor da bandeira tarifária vermelha patamar 2, a mais cara do sistema. Diferentemente de outras cidades brasileiras, os consumidores do Mato Grosso do Sul terão de pagar uma conta ainda mais cara. Isso se deve a cobrança de quatro impostos, amparados por lei no Estado.

 

A proposta entra em vigor em novembro, mas ainda vai passar por audiência pública e pode ter mudança. Porém, se aprovada, quando a bandeira vermelha patamar 2 for acionada, os consumidores terão de pagar R$ 5 de taxa extra para cada 100 quilowatts-hora (kWh). Essa mesma bandeira, neste mês de outubro, custava R$ 3,50. A conta salgada deve chegar às casas das famílias já em dezembro. A Aneel explica que o reajuste é feito sempre que as usinas térmicas mais onerosas precisam ser mantidas ativas para suprir a alta demanda de consumo de energia.

 

Sobre a conta ser mais cara no Estado, isso se deve a lista de impostos: Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins), Programa de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS), Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e, ainda, a Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública (Cosip) que não se cobra em alguns municípios do país, mas não é o caso de MS.

 

A Energisa foi questionada sobre quanto este reajuste, na prática, vai custar aos consumidores e, em nota, ela respondeu que segue a determinação da Aneel, mas não comentou sobre o peso no bolso que está previsto para breve.

 

Dicas de economia:

 

Geladeira: Evite abrir a porta sem necessidade ou por tempo prolongado.

Lâmpadas: Desligue as luzes ao sair do ambiente e utilize lâmpadas fluorescentes compactas ou de LED;

Chuveiro elétrico: Desligue-o ou use na posição Verão. A economia chega a 30%; evite banhos prolongados;

Televisão: Desligue quando não estiver usando.

Ferro elétrico: Junte uma grande quantidade de roupas e passe de uma só vez.

Deixe uma resposta