Pavimentação realizada pelo Governo na MS-385 irá beneficiar produtores rurais, assentados e indígenas.

0

Na MS-386 a estrada de chão começou a ser parte do passado. O Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), está executando a obra de pavimentação de 39 quilômetros de extensão entre os municípios de Iguatemi e Japorã, numa importante rodovia para os produtores rurais, assentados e indígenas.

O asfaltamento dessa rodovia foi a principal reivindicação apresentada pelas lideranças políticas e pela comunidade de Japorã, durante a quinta etapa do Governo Presente, realizada em Naviraí no final de outubro do ano passado. O asfalto começou a mudar o cenário de uma rota importante para pecuaristas e agricultores da região.

São mais de R$ 60 milhões investidos nesse projeto, selando mais uma promessa do governador Reinaldo Azambuja. O início da obra foi comemorado pelas lideranças políticas e do setor rural em maio deste ano, em reunião realizada no Distrito de Jacareí. Durante o encontro, o prefeito de Japorã, Paulo César Franjotti, afirmou que a obra era esperada há décadas pela comunidade.

O sonho de décadas dos moradores da região entre Japorã e Iguatemi vai tomando forma, à medida que as obras avançam

Há 35 anos o produtor rural Luiz Venâncio da Silva enfrenta a estrada de chão, sonhando com o alívio que o asfalto traria um dia. “Estou há 35 anos sofrendo. Passar a máquina já não adiantava mais. Com o movimento intenso de caminhões, a estrada ficava ruim já no dia seguinte depois da manutenção. Só temos a agradecer ao governador por essa obra”, disse.

Segundo Luiz, além de dar outro significado ao tráfego de veículos, a pavimentação da MS-386 trará consequências como aumento de produção, estímulo aos produtores, entre outros benefícios. “Tudo vai melhorar. O produtor pode trazer mais calcário, o que vai ajudar nas plantações, isso também vai estimular as pessoas que têm terra aqui, mas não estão apostando nelas e outras tantas benfeitorias”, afirmou o produtor que tem ajudado nas obras. “Estou cedendo terra vermelha e um espaço para depósito de pedra nas minhas propriedades. Faço o que eu posso para ajudar”.

A obra teve início em maio de 2020, iniciando o asfalto pelo município de Iguatemi, onde já foram feitos 3,7 quilômetros de pavimentação. Agora, os trabalhos avançam pelo outro lado, por Japorã. O prazo para conclusão do serviço é dezembro de 2021, totalizando 600 dias consecutivos.

Uma área indígena está localizada na MS-386, exatamente no trecho da obra.  De acordo com a Diretoria de Empreendimentos Viários (Demv) da Agesul, por conta dessa questão o trabalho tem o envolvimento também o Ibama, Imasul e Funai, órgãos competentes no atendimento a essas comunidades.

São 10 quilômetros de área indígena, que começam próximo ao município de Iguatemi. Esses serão os últimos quilômetros a receberem a capa asfáltica.

A pavimentação da MS-386 faz parte do pacote de obras do Governo do Estado denominado “Governo Presente”. Apenas para infraestrutura, está previsto investimento de R$ 1,8 bilhão, além das ações em outras áreas, totalizando mais de R$ 4,2 bilhões para atender todos os 79 municípios do Estado.

 

 

 

Fotos: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui