“Rei da Fronteira” Fahd Jamil deixa a sede do Garras com tornozeleira eletrônica

0

O empresário Fahd Jamil Georges, de 80 anos, conhecido como “Rei da Fronteira” e apontado como chefe do crime organizado na região do Brasil com o Paraguai, deixou a sede do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco e Assaltos e Sequestros) na noite desta quarta-feira (09), de tornozeleira eletrônica e acompanhado do seu advogado, André Borges.

 

Segundo informado, a defesa de “Fuad”, como é popularmente conhecido, teria pago a fiança no valor de R$ 990 mil para cumprir a prisão domiciliar em Campo Grande.

 

Fahd Jamil se apresentou à polícia na manhã de segunda-feira (19 de abril), no aeroporto Santa Maria, na Capital. Em junho de 2020 ele foi alvo da operação Omertà e desde então estava foragido.

Deixe uma resposta