Parece até piada, mas não é! Funcionário público municipal que estaria utilizando irregularmente atestado médico para estudar lá no Paraguai, está sendo investigado pela promotoria de justiça da capital. O caso deve vir à tona logo logo e, o tal servidor penalizado com os devidos rigores da Lei! Aguardamos!

Deixe uma resposta