Traficantes que agiam pelo país tinham Ponta Porã como sede para lavagem de dinheiro 

0

Operação Irmandade’ foi deflagrada hoje (20) visando desmantelar associação criminosa composta por traficantes de drogas e armas que agem por todo o país e tinham a Ponta Porã como sede para esquema de lavagem de dinheiro. 

A ação contou com policiais da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar) e 1ª DP da cidade para o cumprimento de dois mandados de Busca e Apreensão expedidos pelo Poder Judiciário do Rio Grande do Sul (RS).

Segundo as investigações, uma organização criminosa que atua no RS e que tem a fronteira sul-mato-grossense como área de atuação, vinha praticando lavagem do dinheiro com os valores oriundos do tráfico de drogas e armas, adquirindo vários imóveis e automóveis naquele Estado.

Ao serem cumpridos os mandados foram obtidas ainda mais provas dos crimes praticados pela Organização Criminosa investigada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui