Equipe da Agepan veste a cor do Maio Amarelo em apoio à campanha pela segurança viária

0

Nesta última sexta-feira do mês (28), a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (Agepan) vestiu a cor do Maio Amarelo em apoio à campanha pela segurança viária.  Dirigentes e funcionários de todos os setores se uniram à equipe da Câmara Técnica de Transportes para lembrar a importância da conscientização no trânsito.

A campanha do Maio Amarelo é realizada anualmente em todo o Brasil, coordenada pelo Observatório Nacional de Segurança Viária, com apoio do SEST/SENAT e Confederação Nacional dos Transportes. Conta, também, com a adesão de órgãos públicos e privados ligados ao setor. A ideia é sempre mobilizar a sociedade como um todo, em prol do trânsito mais seguro.

Este ano, o mote é Respeito e Responsabilidade: pratique no trânsito. Os organizadores defendem que é preciso enraizar na pauta do cotidiano da sociedade a segurança viária como tema de importância maior, unindo todos os segmentos em torno do objetivo comum de salvar vidas.

“Como cidadãos e usuários do trânsito que todos somos, é essencial assimilar a ideia que a campanha traz, de consciência e atitude coletiva para o bem comum. E como entidade que atua nessa área, a Agepan quer ainda mais ajudar a fazer esse alerta”, afirma o diretor-presidente da Agência, Carlos Alberto de Assis.

Na Agepan, questões de transporte e trânsito estão presentes no trabalho de regulação e fiscalização realizado pela Câmara Técnica de Transportes (CATRANSP), Câmara Técnica de Rodovias e Portos (CATERP) e Câmara de Regulação Econômica de Transportes, Rodovias e Portos (CRET), unidades da Diretoria que reúne todas essas áreas.

Atuando na atividade de transporte que caracteriza serviço público, a Agência também executa ações em parceria com Detran, polícias rodoviárias, batalhões de trânsito e agências municipais de trânsito por todo o estado. Em campo, a Agência e parceiros fiscalizam o cumprimento de normas que buscam garantir que veículos e empresas estejam legalizados e em condições de operar. Também realiza a fiscalização de contrato de rodovia concedida, para garantir que a concessionária cumpra as metas estabelecidas, que incluem obras e instalações de sinalização ligadas à segurança viária.

Deixe uma resposta